KDE meetings in Latin America?

[english]
I am back from Latinoware. It was a very good conference, more than 3,000 people on site, and a strong presence of people from other countries in Latin America. I met people from Uruguay, Argentina, Equador, Peru, Colombia and Chile, and of course a lot of brazilians. My talk about Games in KDE4 was good, about 180-200 people in the room. I was worried because it was scheduled as one of the last presentations of the conference, and right before the final 2 and 1/2 hour lecture by Richard Stallman, on another building. But lots of people interested in games and KDE were there, and the room was almost full.
I spent a lot of time with other speakers during the 2 days of the conference, and could feel a strong interest in KDE. I was told by a lot of people that we need to be more present in conferences here in Brazil. Of course, we have very few developers in this country. It is a classic chicken-and-egg problem: how to attract more contributors if we do not have enough people to attend these events and talk about our project?
Another problem is the language barrier. I met several key members of the free source community in Brazil, and lots of potential contributors. But not all of them speaks English. Can we find a way to have contributors operating under a local “KDE Brasil” umbrella, so to speak? What can we do to help people help us, or at least to let people KNOW we are looking for help?
Speaking with the organizers of Latinoware we toyed with the idea of a KDE Latino conference next year, as a sub track of Latinoware. This could be a one day event, focused on the promotion of KDE in our area. Latinoware 2008 is planned to grow to 5,000 people in the audience, and the geographical location of the event is perfect for an event like this. I spoke a bit with GNOME’s Izabel Valverde, and we talked about maybe having some GNOME-KDE sessions as well, promoting the freedesktop specs and talking about the integration efforts to make both projects work nicely with each other, and the community/development aspects of this.
Organizers of FISL 2008 like Carlos Machado were also there, and we talked about a possible KDE track at FISL as well, or maybe a KDE-Brasil users/developers meeting. This would be more focused on the Brazilian community, with maybe 2 or 3 slots in the presentation grid so we can meet and discuss KDE-related topics. But in order to have this we have to act fast. What do you think of these ideas? Would you attend a KDE Latino, or KDE Brasil meeting? What topics do you want to see covered? Please use the comments field, or send suggestions via email to piacentini at kde.org.

[português]
Votel da Latinoware. Foi uma conferência ótima, mais de 3.000 pessoas, muitas de outros países da América Latina. Conheci pessoas do Uruguai, Argentina, Equador, Peru, Colombia e Chile, e lógico um monte de brasileiros. A minha palestra sobre Jogos Livres no KDE 4 foi legal, cerca de 180 a 200 pessoas na sala. Eu estava preocupado porque a palestra era uma das últimas da conferência, logo antes da palestra final (de 2 horas e meia!) do Richard Stallman, em outro prédio. Mas muita gente interessada em jogos e no KDE apareceu, e a sala estava quase cheia.
Eu conversei bastante com outros palestrantes durante os dois dias da conferência, e pude sentir um interesse forte no KDE. Muita gente me disse que a gente precisa participar mais dos eventos aqui no Brasil. Um problema é que temos poucos desenvolvedores no país. É o velho caso do ovo e da galinha: como atrair mais contribuidores se nós não temos pessoas suficientes para ir aos eventos e falar sobre o nosso projeto?
Um outro problema é o da língua. Encontrei vários membros da comunidade de software livre brasileira, e vários contribuidores em potencial. Mas nem todo mundo é fluente em inglês. Será que a gente consegue achar uma maneira de ter contibuidores trabalhando com a ajuda de uma camada “KDE Brasil” de ajuda? O que a gente pode fazer para ajudar as pessoas a nos ajudarem, ou ao menos para que as pessoas saibam que nós sempre estamos precisando de ajuda?
Falando com os organizadores da Latinoware a gente brincou com a idéia de uma conferência “KDE Latino” no ano que vem, dentro da Latinoware. Podia ser um evento de um dia, focado na promoção do KDE em nossa área. A Latinoware 2008 está planejada para crescer, talvez para 5.000 pesooas, e a localização geográfica é perfeita para um evento deste tipo. Falei um pouco com Izabel Valverde, do projeto GNOME, e  pensamos até em fazer algumas sessões conjuntas KDE-GNOME, falando sobre as iniciativas do projeto freedesktop, e sobre a relação existente entre os dois projetos no nível de desenvolvimento e de comunidade.
Organizadores do FISL 2008 como o Carlos Machado também estavam por lá, falamos um pouco a respeito de uma possível trilha  KDE no FISL também, ou talvez um encontro de usuários e desenvolvedores KDE Brasil. Este seria mais focado na comunidade brasileira, talvez 2 ou 3 slots de apresentação para se encontrar e discutir questões relacionadas ao KDE. Mas temos que agir rápido para concretizar estes planos. O que você acha destas idéias? Você iria a um possível evento KDE Latino, ou KDE Brasil? Quais as questões que você gostaria de ver discutidas? Sugestões nos comentários, ou via email para piacentini at kde.org!